Mostrando 249 resultados

descrição arquivística
Oswaldo Cruz
Visualização de impressão Ver:

1 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Cadernos de recortes de jornais e revistas com informações sobre a atuação político e científica do titular no comando da saúde pública na capital federal e do Instituto Oswaldo Cruz. Não foi localizado o volume 7.

Volume 1 (1893-1894): Epidemia de cólera no Rio de Janeiro e no Vale do Paraíba; tuberculose; febre amarela; reforma do Serviço Sanitário; qualidade das águas; Domingos José Freire Junior.
Volume 2 (1903-1904): Combate à febre amarela; varíola; regulamento sanitário federal.
Volume 3 (1904): Vacinação obrigatória contra a varíola e a campanha contra a sua regulamentação- Revolta da Vacina.
Volume 4 (1904-1906): Campanha de saneamento da cidade do Rio de Janeiro contra a febre amarela, peste bubônica e tuberculose; viagens de inspeção aos portos do Sul e Norte do Brasil.
Volume 5 (1906-1907): Saneamento das cidades; inspeção dos alimentos; peste bubônica na cidade do Rio de Janeiro; política no Rio de Janeiro; tuberculose; favelas; varíola.
Volume 6 (1907-1908): Peste bubônica; varíola; tuberculose.
Volume 8 (1911-1915): Febre amarela no Pará; Exposição de Higiene e Demografia de Dresden; epidemia de malária em São João Marcos; tuberculose; posse de Oswaldo Cruz na Academia Brasileira de Letras; saneamento da Amazônia; Conferência Sanitária Internacional realizada em Montevidéu; homenagem ao titular prestada pela Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro.
Volume 9 (1917): Morte de Oswaldo Cruz e as solenidades prestadas em sua homenagem.
Volume 10 (1903-1912): Caricaturas sobre a atuação de Oswaldo Cruz no comando da saúde pública.

Campanhas Sanitárias Organizadas pelo Titular

  • BR RJCOC OC-DGSP-02
  • Dossiê
  • 12/05/1903-05/08/1909
  • Parte de Oswaldo Cruz

Relação de endereços dos prédios onde ocorreram casos de peste bubônica entre 1900 e 1903; manuscrito da Sociedade de Salvação Pública na qual afirma-se a decisão de assassinar o titular, o prefeito do Distrito Federal, Francisco Pereira Passos e o presidente da República, Rodrigues Alves; lista das personalidades médicas e políticas contatadas durante a viagem de inspeção aos portos do Norte, realizada pelo titular em 1905.

Carbunculo Symptomatico

Anotações esparsas de Oswaldo Cruz acerca do carbúnculo sintomático, também conhecido como peste da manqueira.

Cartas de Elisa e de seu marido, Joaquim Vidal, enviadas ao titular após sua volta ao Brasil em 1915

  • BR RJCOC OC-COR-PES-12
  • Dossiê
  • 10/01-26/06/1915
  • Parte de Oswaldo Cruz

Cartas de sua filha Elisa e de seu marido Joaquim Vidal, enviadas ao titular após sua volta ao Brasil, quando foi obrigado a deixar a família na Europa por temer uma viagem de navio no período turbulento da Primeira Guerra Mundial e teve que reassumir suas funções em Manguinhos. Dá notícias de todos os familiares, dos cursos de inglês que ela e a mãe faziam, da vida cultural da cidade e da especialização em oftalmologia que, por influência do titular, seu marido está fazendo.

Cartas trocadas entre a filha mais velha, Elisa, e a esposa, Miloca, iniciadas no período em que aquela acompanhou o titular durante a viagem à Europa indo até a data posterior ao seu falecimento

  • BR RJCOC OC-COR-PES-09
  • Dossiê
  • 24/04/1911-25/10/1922
  • Parte de Oswaldo Cruz

Na primeira parte, referente a viagem à Europa, descreve os pontos turísticos das cidades visitadas, revelando especial predileção pelas obras de arte em museus, além de comentar as homenagens recebidas pelo pai em Dresden. A segunda parte corresponde às cartas enviadas pela mãe às filhas quando a primeira estava em Petrópolis, referindo-se basicamente aos netos que estavam sob sua responsabilidade. A terceira parte deste conjunto diz respeito à sua ida a Belo Horizonte para visitar a irmã por ocasião do falecimento do cunhado, Ezequiel Dias.

Cartas, ofícios e relatórios relativos à campanha contra a febre amarela no Pará

  • BR RJCOC OC-IOC-03
  • Dossiê
  • 1905-1913
  • Parte de Oswaldo Cruz

Relatório dos trabalhos executados pela Comissão de Profilaxia da Febre Amarela; carta do titular em que comunica a erradicação da febre amarela em Belém; listagem de profissionais contratados para a campanha; mapa original (1905) da cidade de Belém, indicando o número de infectados e óbitos de febre amarela durante o ano de 1911; relatório dos trabalhos executados pela polícia de focos no porto; lista com número de atendidos nos hospitais de Belém durante o mês de outubro de 1910; relatório de Ângelo da Costa Lima contendo descrição das atividades da Comissão de Profilaxia da Febre Amarela em Santarém e Óbidos.

Catálogo

Organizado pelo titular em ordem alfabética sobre enfermidades, substâncias e procedimentos, contendo ao lado de cada nome ora a sua definição, ora os procedimentos terapêuticos, ora uma bibliografia correspondente.

Catálogo

Organizado pelo titular, em ordem alfabética, contendo uma lista de enfermidades e suas respectivas terapêuticas.

Chimica Legal

Caderno de aula do titular com anotações sobre manchas, cabelos e pelos, fibras têxteis, armas de fogo, projéteis e matérias explosivas, manchas que podem se confundir com sangue. No caderno há ainda anotações acerca da asfixia por gazes, vapores e anestésicos. Em anexo, duas folhas manuscritas com pequenas anotações e uma folha do suplemento de 6 de abril de 1898 de "La Semaine Médicale".

Clichês do Trabalho: Entomologia

Contém sete ilustrações feitas pelo titular, com suas respectivas legendas, sobre estruturas de mosquitos.

Clinicha Medica (lições de)

Caderno com anotações referentes ao curso ministrado pelo professor Francisco de Castro (Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro). As notas foram colhidas à cabeceira dos doentes e coordenadas sob a forma de aforismos. Referem-se a moléstias de nutrição, moléstias microbianas e parasitárias, intoxicações, moléstias do sangue, moléstias do aparelho circulatório, moléstias do coração, lesões oro-valvulares, moléstia dos brônquios, moléstia dos pulmões e moléstias do aparelho digestivo.

Combate à Malária durante a Construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré

  • BR RJCOC OC-COR-PES-06
  • Dossiê
  • 25/06/1910-24/07/1911
  • Parte de Oswaldo Cruz

Cartas enviadas à esposa referentes aos períodos em que esteve em expedição para combater a malária na região onde se construía a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, e que dizimava os trabalhadores, tendo nesta ocasião sido convidado pelo governador do Pará a organizar o serviço de saneamento daquele estado onde grassava a febre amarela. De lá seguiria para Dresden, na Alemanha, afim de representar o Instituto de Manguinhos no Pavilhão Brasileiro montado na Exposição de Higiene e Demografia. Desta feita o estande brasileiro referia-se à descoberta da doença de Chagas, que trouxe grande repercussão para a instituição no exterior, e que mais uma vez concederia o primeiro prêmio ao Brasil. Esta última viagem foi feita em companhia da filha mais velha, Elisa. Ambos empreenderam uma longa excursão que incluiu França, Itália e Espanha. Este conjunto de cartas traz uma importante descrição das condições naturais, consideradas exóticas para os cientistas habituados às paisagens mais amenas do Sudeste, com destaque ao documento em que se refere ao pássaro conhecido como Uirapurú. Em Santarém (PA) e Porto Velho (RO), descreve as péssimas condições de vida e de saúde da população, ressaltando que nesta última cidade a mortalidade infantil é absoluta, não havendo nenhum indivíduo nativo, todos vêm de fora. Em outro documento revela sua grande preocupação com a família ao saber da eclosão da Revolta da Chibata e que foram disparados três tiros na cidade. Há um breve período em que a correspondência refere-se à viagem realizada pela esposa do titular a Belo Horizonte, onde sua irmã, casada com Ezequiel Dias, estava prestes a dar à luz.

Concurso de Monografias

  • BR RJCOC OC-DC-03
  • Dossiê
  • 03/03-10/05/1972
  • Parte de Oswaldo Cruz

Documentos relativos ao concurso de monografias comemorativo do centenário do nascimento de Oswaldo Cruz, promovido pelo Ministério da Saúde e pelo Instituto Euvaldo Lodi, em 1972.

Contribuição para o estudo da curva leucocytaria nas infecções e intoxicações

  • BR RJCOC OC-PI-TP-24
  • Dossiê
  • 18/02/1900
  • Parte de Oswaldo Cruz

Originais manuscritos do artigo que considera aspectos referentes ao mecanismo de defesa do organismo vivo contra o micróbio invasor, indicando os cuidados e procedimentos que devem ser observados para que se realize o estudo da curva leucocitária. Publicado em "Brazil-Medico", v. 14, n. 10, p. 81-83.

Contribuição para o Saneamento da Lagoa Rodrigo de Freitas

  • BR RJCOC OC-PI-TT-13
  • Dossiê
  • 20/04/1886
  • Parte de Oswaldo Cruz

Texto de autoria do pai do titular, contendo considerações sobre as condições ambientais da Lagoa Rodrigo de Freitas. Realiza um retrospecto dos projetos de saneamento levados à administração pública e apresenta um planejamento que avalia como o mais adequado para a regiâo a supressão total da lagoa.

Resultados 31 a 60 de 249