Mostrando 19 resultados

descrição arquivística
Oswaldo Cruz Rio de Janeiro (RJ)
Visualização de impressão Ver:

Catálogo

Organizado pelo titular em ordem alfabética sobre enfermidades, substâncias e procedimentos, contendo ao lado de cada nome ora a sua definição, ora os procedimentos terapêuticos, ora uma bibliografia correspondente.

Clinicha Medica (lições de)

Caderno com anotações referentes ao curso ministrado pelo professor Francisco de Castro (Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro). As notas foram colhidas à cabeceira dos doentes e coordenadas sob a forma de aforismos. Referem-se a moléstias de nutrição, moléstias microbianas e parasitárias, intoxicações, moléstias do sangue, moléstias do aparelho circulatório, moléstias do coração, lesões oro-valvulares, moléstia dos brônquios, moléstia dos pulmões e moléstias do aparelho digestivo.

Correspondência Diversa com Familiares e Amigos

  • BR RJCOC OC-COR-PES-02
  • Dossiê
  • 05/04/1891 - 05/02/1917
  • Parte de Oswaldo Cruz

Cartas e bilhetes enviados ao sogro, o comendador Manuel da Fonseca, aos cinco filhos, aos cunhados Ezequiel Dias e Miuça, ao amigo Egydio Salles Guerra e a João Batista da Costa, referentes principalmente aos seus períodos de viagem à Europa. Merece destaque o documento mais antigo em que seu pai, Bento Gonçalves Cruz, escreve ao comendador Fonseca pedindo a benção para a união de seus filhos Oswaldo e Emília.

Correspondência com Vital Brazil

  • BR RJCOC OC-COR-CI-05
  • Dossiê
  • 20/11/1899-21/09/1914
  • Parte de Oswaldo Cruz

Vital Brazil, fundador do Instituto Butantan em São Paulo. Através deste conjunto verificamos o início das pesquisas para a obtenção do soro e da vacina antipestosos nos recém-fundados institutos soroterápicos de Manguinhos e Butantan, cujas trajetórias são, neste momento, bastante parecidas; ambos foram criados durante a mesma crise sanitária e localizados em fazendas fora da área urbana, para evitar contaminação em caso de acidente. Vemos como os dois cientistas foram obrigados a refrear seus ânimos diante da burocracia do Estado, e encontramos neste conjunto o início da discussão a respeito dos diversos processos de preparação do soro antipestoso conhecido então. Através de experiências feitas por Vital Brazil no Butantan, torna-se claro o avanço representado pela produção do produto em Manguinhos, mas cuja dosagem foi estabelecida com mais segurança, o que diminuiu a incidência de acidentes. Esta correspondência registra também o progresso das pesquisas sobre o soro antiofídico realizadas no Instituto Butantan. As datas concentram-se entre 1899 e 1901, mas existe um cartão de 1914 onde o titular envia saudações ao amigo através de seu filho mais velho, Bento.

Autópsia

  • BR RJCOC OC-PI-TP-08
  • Dossiê
  • 05/08/1905
  • Parte de Oswaldo Cruz

Anotações correspondentes à realização de uma autópsia. Em anexo anotações sobre anatomia indicando limites e características das regiões occipito frontal, temporal, palpebral, superciliar, do nariz, parotidiana e labial.

Bromatologia

Caderno de anotações de Oswaldo Cruz contendo aspectos a serem observados para proceder ao estudo dos alimentos.

Caderno de Experiências

  • BR RJCOC OC-PI-TP-15
  • Dossiê
  • 1916-1917
  • Parte de Oswaldo Cruz

Caderno no qual Oswaldo Cruz faz anotações sobre experiências realizadas nos anos de 1916 e 1917.

Clichês do Trabalho: Entomologia

Contém sete ilustrações feitas pelo titular, com suas respectivas legendas, sobre estruturas de mosquitos.

Contribuição para o estudo da curva leucocytaria nas infecções e intoxicações

  • BR RJCOC OC-PI-TP-24
  • Dossiê
  • 18/02/1900
  • Parte de Oswaldo Cruz

Originais manuscritos do artigo que considera aspectos referentes ao mecanismo de defesa do organismo vivo contra o micróbio invasor, indicando os cuidados e procedimentos que devem ser observados para que se realize o estudo da curva leucocitária. Publicado em "Brazil-Medico", v. 14, n. 10, p. 81-83.

Correspondência trocada entre o titular e médicos paulistas a respeito do surto de peste bubônica de Santos

  • BR RJCOC OC-COR-CI-04
  • Dossiê
  • 20/10/1899-12/06/1900
  • Parte de Oswaldo Cruz

Contendo relatos minuciosos e mapas estatísticos sobre a epidemia, além dos entendimentos entre o titular e Victor Godinho, médico da Santa Casa de Misericórdia de Santos, a respeito da publicação do relatório sobre a doença. Duas cartas enviadas por Nuno de Andrade revelando os primeiros entendimentos entre o ministro da Justiça e Negócios Interiores, J.J. Seabra e o barão de Pedro Affonso para a construção de um instituto soroterápico, do qual o titular seria o diretor técnico após o fim dos trabalhos em Santos. Entre os demais missivistas destacam-se os médicos Eduardo Lopes, Jayme Silvado e Olympio de Niemeyer.

Campanhas Sanitárias Organizadas pelo Titular

  • BR RJCOC OC-DGSP-02
  • Dossiê
  • 12/05/1903-05/08/1909
  • Parte de Oswaldo Cruz

Relação de endereços dos prédios onde ocorreram casos de peste bubônica entre 1900 e 1903; manuscrito da Sociedade de Salvação Pública na qual afirma-se a decisão de assassinar o titular, o prefeito do Distrito Federal, Francisco Pereira Passos e o presidente da República, Rodrigues Alves; lista das personalidades médicas e políticas contatadas durante a viagem de inspeção aos portos do Norte, realizada pelo titular em 1905.

O bacilo de Koch. Estudo crítico sobre a These do Dr. José Roxo

Originais manuscritos do estudo crítico considerando a Tese de Doutoramento apresentada por José Gonçalves Roxo à Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. O texto analisa cada capítulo da tese em particular e conclui que o autor obteve êxito em seu empreendimento. Publicado no Annuario Medico Brazileiro, v.7, n.32/38.

Catálogo

Organizado pelo titular, em ordem alfabética, contendo uma lista de enfermidades e suas respectivas terapêuticas.

As Condições Hygienicas e o Estado Sanitario da Gávea

  • BR RJCOC OC-PI-TP-23
  • Dossiê
  • 14/06/1894
  • Parte de Oswaldo Cruz

Manuscrito do artigo publicado na revista "Brazil-Medico" em que o autor procura demonstrar que as más condições sanitárias do bairro da Gávea eram motivadas pelo aumento rápido da sua população, sem que os recursos higiênicos tenham aumentado proporcionalmente. O artigo ainda ocupa-se da identificação da origem de tal insalubridade e propõe medidas de saneamento para o referido bairro.

Contribuition à l'étude de la serumtherapie antipesteuse

Trabalho realizado pelo titular enquanto diretor técnico do Instituto de Manguinhos. Em anexo quatro figuras feitas a partir de observações microscópicas e notas esparsas relativas ao estudo da peste, algumas apresentando os seguintes títulos: "septicemia", "vaccina anti-pestosa", "preparo de toxina pestosa por bacteriolyse".

Cuidados Antes da Operação

  • BR RJCOC OC-PI-TP-27
  • Dossiê
  • 06/06/1891
  • Parte de Oswaldo Cruz

Caderno de aula com anotações referentes a operações, farmácia, partos e clínica médica.