Mostrando 249 resultados

descrição arquivística
Oswaldo Cruz
Visualização de impressão Ver:

1 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Recortes de Jornais

É formada por dez cadernos com recortes de jornais e revistas, com datas-limite que vâo de 1893 a 1917. Estes cadernos possuem informações sobre a atuação política e científica de Oswaldo Cruz no comando da saúde pública na capital federal e no Instituto de Manguinhos.

Correspondência em francês com Jules Ogier

  • BR RJCOC OC-COR-CI-03
  • Dossiê
  • 19/10/1899-15/05/1900
  • Parte de Oswaldo Cruz

Jules Ogier, diretor do Laboratório de Toxicologia de Paris, onde este informa sobre as últimas novidades a respeito do Caso Dreyfuss e a Guerra Anglo-Transvaaliana, além de demonstrar sua preocupação com o titular ao saber que este iria a Santos combater o surto de peste bubônica, relatando seu trabalho como chefe do serviço fotográfico da Prefeitura de Paris. Em resposta, recebe do titular relatos sobre a grande Exposição Comemorativa dos 400 anos do Descobrimento, acrescido de notícias sobre o surto de peste bubônica e casos de febre amarela.

Correspondência com Vital Brazil

  • BR RJCOC OC-COR-CI-05
  • Dossiê
  • 20/11/1899-21/09/1914
  • Parte de Oswaldo Cruz

Vital Brazil, fundador do Instituto Butantan em São Paulo. Através deste conjunto verificamos o início das pesquisas para a obtenção do soro e da vacina antipestosos nos recém-fundados institutos soroterápicos de Manguinhos e Butantan, cujas trajetórias são, neste momento, bastante parecidas; ambos foram criados durante a mesma crise sanitária e localizados em fazendas fora da área urbana, para evitar contaminação em caso de acidente. Vemos como os dois cientistas foram obrigados a refrear seus ânimos diante da burocracia do Estado, e encontramos neste conjunto o início da discussão a respeito dos diversos processos de preparação do soro antipestoso conhecido então. Através de experiências feitas por Vital Brazil no Butantan, torna-se claro o avanço representado pela produção do produto em Manguinhos, mas cuja dosagem foi estabelecida com mais segurança, o que diminuiu a incidência de acidentes. Esta correspondência registra também o progresso das pesquisas sobre o soro antiofídico realizadas no Instituto Butantan. As datas concentram-se entre 1899 e 1901, mas existe um cartão de 1914 onde o titular envia saudações ao amigo através de seu filho mais velho, Bento.

Correspondência com a Empresa Albanel

  • BR RJCOC OC-COR-CI-12
  • Dossiê
  • 17/09/1901-13/01/1903
  • Parte de Oswaldo Cruz

Sobre a assinatura de livros e periódicos médicos e científicos internacionais para abastecer e atualizar a Biblioteca de Manguinhos.

Correspondência com Adolpho Lutz

  • BR RJCOC OC-COR-CI-14
  • Dossiê
  • 19/11/1901-02/10/1916
  • Parte de Oswaldo Cruz

Entre os assuntos tratados destacam-se: notícias sobre a Missão Pasteur, envio de soro antipestoso do Rio de Janeiro a São Paulo (a pedido de Lutz), apresentação de Gonçalo Muniz (da Faculdade de Medicina da Bahia) realizada pelo titular a Adolpho Lutz e Vital Brazil. Muniz havia sido enviado pelo governo da Bahia para colher os dados necessários para a montagem de um instituto soroterápico naquele estado.

Correspondência com Paul-Louis Simond e Émile Marchoux

  • BR RJCOC OC-COR-CI-15
  • Dossiê
  • 02/11/1902-03/07/1903
  • Parte de Oswaldo Cruz

Cientistas da Missão Pasteur, sobre a presença de mosquitos vetores da febre amarela em Petrópolis. Em anexo, relatório sobre a campanha de erradicação da febre amarela no Rio de Janeiro.

Correspondência com o cientista Arthur Neiva

  • BR RJCOC OC-COR-CI-16
  • Dossiê
  • 16/08/1910-16/08/1916
  • Parte de Oswaldo Cruz

Carta na qual Arthur Neiva expõe a situação da ciência na Argentina, apontando os principais temas de estudo; os esforços empreendidos pelo instituto de bacteriologia argentino no desenvolvimento da medicina experimental; as expedições científicas realizadas por Neiva.

Correspondência da Diretoria Geral de Saúde Pública

  • BR RJCOC OC-COR-PA-01
  • Dossiê
  • 30/09/1905-21/08/1906
  • Parte de Oswaldo Cruz

Os documentos registram a expedição aos portos marítimos e fluviais do Brasil, desde o porto de Vitória, passando pelos portos do Nordeste, até Belém e Manaus, a bordo do rebocador República. Os telegramas registram a preocupação do titular com a vigilância sanitária dos portos como meio de evitar a entrada de doenças.

Correspondência e decretos relativos às atividades administrativas desenvolvidas pelo Instituto Oswaldo Cruz

  • BR RJCOC OC-IOC-02
  • Dossiê
  • 20/02/1903-19/11/1941
  • Parte de Oswaldo Cruz

Documentos envolvendo o Ministério da Justiça e Negócios Interiores, a Academia Nacional de Medicina, a Prefeitura do Distrito Federal e a Liga Brasileira Contra a Tuberculose, além de registros relatando as despesas referentes às expedições científicas requisitadas pela Inspetoria das Obras contra as Secas ao Instituto Oswaldo Cruz (1912-1913) e relatórios do Hospital Paula Cândido (1904).

Decretos e regulamentos relativos à transformação do Instituto Soroterápico Federal em Instituto de Medicina Experimental de Manguinhos

  • BR RJCOC OC-IOC-04
  • Dossiê
  • 13/06/1907-19/03/1908
  • Parte de Oswaldo Cruz

Decretos assinados por Afonso Penna, presidente da República e pelo ministro da Justiça e Negócios Interiores, Augusto Tavares de Lyra, referentes à criação e regulamentação do Instituto, bem como a mudança de sua denominação para Instituto Oswaldo Cruz.

Documentos enviados à direção do Instituto Oswaldo Cruz

  • BR RJCOC OC-IOC-07
  • Dossiê
  • 04/02/1908-01/12/1913
  • Parte de Oswaldo Cruz

Documentos contendo relatórios financeiros e dados orçamentários enviados à direção do Instituto Oswaldo Cruz pelo diretor da filial de Belo Horizonte, Ezequiel Dias e por Henrique Marques Lisboa.

Folhetos de divulgação de produtos do Instituto Oswaldo Cruz

  • BR RJCOC OC-IOC-08
  • Dossiê
  • 06/04/1908-28/07/1915
  • Parte de Oswaldo Cruz

Folhetos de divulgação de produtos (soros e vacinas) e instruções para seu uso, bem como ofícios e pedidos de remessas dos referidos produtos. Documentos referentes às solicitações das vacinas anticarbunculosa e antipestosa, e dos soros antitetânico e antiestreptocócico por parte de diversos órgãos da administração pública federal, como o Ministério dos Negócios da Agricultura, Indústria e Comércio e a Diretoria de Agricultura, Terras e Colonização de Minas Gerais.

Documentos relativos à construção da ferrovia Madeira-Mamoré

  • BR RJCOC OC-IOC-09
  • Dossiê
  • 16/02-06/09/1910
  • Parte de Oswaldo Cruz

Trabalho do titular intitulado "Considerações gerais sobre as condições sanitárias do Rio Madeira", em anexo, os originais manuscritos; relatório de Oswaldo Cruz e Carlos Sampaio, representante da Madeira-Mamoré Railway Company, apresentando proposições para o combate à malaria na região da construção da estrada; carta do titular a Carl Lovelace, médico-chefe da empresa, descrevendo a aplicação compulsória de quinino aos trabalhadores; carta do titular ao ministro da Justiça e Negócios Interiores, Esmeraldino Olympio de Torres Bandeira, informando sua ida para a região com o objetivo de estudar as moléstias na área da Madeira-Mamoré.

Algumas indicações referentes ao estudo da febre do tuberculoso e seu tratamento

  • BR RJCOC OC-PI-TP-02
  • Dossiê
  • 12/1899
  • Parte de Oswaldo Cruz

Texto a respeito da febre causada pela tuberculose em diversos períodos e o tratamento a ela adequado. A correspondência trocada por Oswaldo Cruz com Ernesto Nascimento e Silva indica que tal trabalho foi realizado a pedido deste. Em anexo, um rascunho e uma bibliografia referente ao assunto indicado.

Les altérations histologiques dans l'empoisonnement par la ricine. Archives Médicine Experimentale Anatomie Pathologique, Paris.

Texto original realizado no Laboratório de Toxicologia de Paris, no qual considera as alterações histológicas no envenenamento pelo rícino. Posteriormente, ao concorrer a uma vaga na Academia Nacional de Medicina, o titular enviou este trabalho para apreciação da referida academia. A apreciação ocorreu na sessão de 13 de abril de 1899, obtendo parecer favorável na sessão de 22 de junho de 1899.

Autópsia

  • BR RJCOC OC-PI-TP-08
  • Dossiê
  • 05/08/1905
  • Parte de Oswaldo Cruz

Anotações correspondentes à realização de uma autópsia. Em anexo anotações sobre anatomia indicando limites e características das regiões occipito frontal, temporal, palpebral, superciliar, do nariz, parotidiana e labial.

O bacilo de Koch. Estudo crítico sobre a These do Dr. José Roxo

Originais manuscritos do estudo crítico considerando a Tese de Doutoramento apresentada por José Gonçalves Roxo à Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. O texto analisa cada capítulo da tese em particular e conclui que o autor obteve êxito em seu empreendimento. Publicado no Annuario Medico Brazileiro, v.7, n.32/38.

Boulevard Saint Michel. Catálogo.

  • BR RJCOC OC-PI-TP-10
  • Dossiê
  • 14/04/1897
  • Parte de Oswaldo Cruz

Lista de materiais de laboratório elaborada por Oswaldo Cruz e enviada a Moncorvo Filho no Gabinete de Microbiologia e de Anatomia Patológica. Em anexo catálogo, em francês, de vidraria para laboratório.

Bromatologia

Caderno de anotações de Oswaldo Cruz contendo aspectos a serem observados para proceder ao estudo dos alimentos.

Catálogo

Organizado pelo titular, em ordem alfabética, contendo uma lista de enfermidades e suas respectivas terapêuticas.

Catálogo

Organizado pelo titular em ordem alfabética sobre enfermidades, substâncias e procedimentos, contendo ao lado de cada nome ora a sua definição, ora os procedimentos terapêuticos, ora uma bibliografia correspondente.

Contribuição para o estudo da curva leucocytaria nas infecções e intoxicações

  • BR RJCOC OC-PI-TP-24
  • Dossiê
  • 18/02/1900
  • Parte de Oswaldo Cruz

Originais manuscritos do artigo que considera aspectos referentes ao mecanismo de defesa do organismo vivo contra o micróbio invasor, indicando os cuidados e procedimentos que devem ser observados para que se realize o estudo da curva leucocitária. Publicado em "Brazil-Medico", v. 14, n. 10, p. 81-83.

Contribuition à l'étude de la serumtherapie antipesteuse

Trabalho realizado pelo titular enquanto diretor técnico do Instituto de Manguinhos. Em anexo quatro figuras feitas a partir de observações microscópicas e notas esparsas relativas ao estudo da peste, algumas apresentando os seguintes títulos: "septicemia", "vaccina anti-pestosa", "preparo de toxina pestosa por bacteriolyse".

Resultados 1 a 30 de 249