Miguel Chalub

Área de identificação

Tipo de entidade

Pessoa

Forma autorizada do nome

Miguel Chalub

Forma(s) paralela(s) de nome

Formas normalizadas do nome de acordo com outras regras

Outra(s) forma(s) do nome

identificadores para entidades coletivas

Área de descrição

Datas de existência

1939-

História

Nasceu em São João Nepomuceno, Minas Gerais, em 29 de março de 1939. Veio para o Rio de Janeiro ainda criança devido aos problemas econômicos por que passava sua cidade natal, na década de 1940. Começou sua formação escolar na Escola Rio Grande do Sul, no Engenho de Dentro; estudou no Colégio Metropolitano, no Méier, onde estudou metade do curso secundário que terminou no Colégio Pedro II, do Engenho Novo. Foi um dos fundadores da “Academia de Letras” daquele colégio, com atividades semelhantes às nacionais com reuniões periódicas e apresentação de trabalhos com apoio e orientação dos professores. Em 1958, iniciou a graduação de Medicina e a finalizou em 1963, na Faculdade de Ciências Médicas, da Universidade do Estado da Guanabara (UEG), atual Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Depois de se inserir nas áreas de Cirurgia e Neurologia, descobriu seu verdadeiro interesse na Psiquiatria, por considerá-la uma área médica mais próxima das Ciências Sociais e da Filosofia. Ainda na graduação, trabalhou no pronto socorro do Hospital Souza Aguiar como assistente do neurocirurgião, optando, em seguida, pelo estágio em Psiquiatria, no Centro Psiquiátrico Pedro II (CPPII) no Engenho de Dentro. Já graduado em Medicina prosseguiu nos estudos fazendo cursos de especialização. A primeira delas foi em Psiquiatria, em 1964, no Curso de Saúde Mental, da Escola de Saúde Pública, atual ENSP. Nesse mesmo ano se especializou em Neurologia, na Universidade do Brasil, e em Neurologia Infantil, em 1966, na mesma instituição. Alguns anos depois, iniciou dois cursos de mestrado concomitantemente. Durante o Mestrado em Psicologia, na PUC, em 1973, cujo tema foi delírio, a instituição o convidou a dar aulas de Psicologia no curso de graduação. Na UFRJ, fez o Mestrado em Psiquiatria tendo trabalhado com psicoses reativas, em 1974. Esse curso era bastante voltado para a área de ciências humanas, resultado da influência recebida pelo curso de Ciências Sociais, no qual estava se formando nesta ocasião, e Filosofia, que havia terminado pouco antes. Defendeu a tese de doutorado em Medicina, em 1979, na UFRJ, sobre psiquiatria forense, e a lei brasileira que isenta da responsabilidade penal o doente mental. Quase paralelamente, e durante cinco anos, entre 1975 e 1980, realizou sua formação Psicanalítica, no Instituto de Psicanálise da Sociedade Psicanalítica do Rio de Janeiro. Em 1981, publicou sua tese de doutorado pela Editora Forense com o título Introdução à Psicopatologia Forense, e reuniu as dissertações de mestrado em Psiquiatria e Psicologia, no livro Temas de Psicopatologia, pela Editora Zahar, em 1977. Fez pós-doutorado nos Estados Unidos, na Universidade John Hopkins, Baltimore, onde trabalhou com o tema de dependência química. Já atuava como psicanalista em consultório particular, onde continua até hoje. É professor da Faculdade de Psiquiatria da UERJ e da UFRJ, e presta supervisão e orientação à residência nestas Universidades. É médico do Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico Heitor Carrilho, do Rio de Janeiro.

Locais

Status legal

Funções, ocupações e atividades

Médico psiquiatra

Mandatos/Fontes de autoridade

Estruturas internas/genealogia

Contexto geral

Área de relacionamento

Área de controle da descrição

Identificador do registro de autoridade

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

ISAAR(CPF): norma internacional de registro de autoridade arquivística para entidades coletivas, pessoas e famílias.

Status da descrição

nível de detalhamento

Datas das descrições (criação, revisão e remoção)

Idioma(s)

Escrita(s)

Fontes utilizadas na descrição

Notas de manutenção