Washington Loyello

Área de identificação

tipo de entidade

Pessoa

Forma autorizada do nome

Washington Loyello

Forma(s) paralela(s) de nome

Formas normalizadas do nome de acordo com outras regras

Outra(s) forma(s) de nome

identificadores para entidades coletivas

área de descrição

Datas de existência

1922-2007

Histórico

Nasceu em 23 de maio de 1930, em Taubaté, São Paulo. O início de sua formação foi no Grupo Escolar Cruzeiro, um colégio particular pois era desejo de seu pai que ele não se formasse professor, única qualificação dada no colégio público da região. Aos 16 anos saiu de São Paulo com o intuito de estudar no Rio de Janeiro determinado a cursar medicina. Ingressou na Universidade do Brasil e concluiu a graduação em 1954. Devido a problemas financeiros de sua família, que o obrigariam a deixar a faculdade, no segundo ano, começou a trabalhar como plantonista em hospital psiquiátrico possibilitando a continuidade dos estudos por conta própria. Foi neste momento seu primeiro contato com a doença mental e apesar de ter grande interesse pela área de cirurgia, decidiu seguir carreira na Psiquiatria. Após concluir a formação no Rio de Janeiro, voltou para São Paulo e assumiu a direção de um posto de saúde, mas por motivos políticos, foi obrigado a fugir para o Uruguai diante da ameaça de prisão em 1956. No retorno ao Brasil, foi trabalhar na Casa de Saúde Santa Helena; algum tempo depois, foi nomeado para trabalhar no Centro Psiquiátrico Pedro II, do Serviço Nacional de Doenças Mentais, e conseguiu montar um laboratório para produzir os remédios usados naquele hospital que foi fechado logo após sua inauguração. Logo depois transferiu-se para a Colônia Juliano Moreira. Após sua aposentadoria prestou concurso para livre docente de Psiquiatria na UERJ, em 1970. Neste mesmo ano, defendeu sua tese de doutorado na UFRJ, intitulada "O Problema da Identidade Médica". Em 1977, foi nomeado Professor Titular de Psicologia Médica substituindo o Professor Leme Lopes.

Locais

Estado Legal

Funções, ocupações e atividades

Médico psiquiatra
Professor de Medicina da Universidade Estadual do Rio de Janeiro

Mandatos/Fontes de autoridade

Estruturas internas/genealogia

Contexto geral

Área de relacionamento

Área de ponto de acesso

Ponto de acesso - assunto

Ponto de acesso - local

Ocupações

Área de controle da descrição

Identificador de autoridade arquivística de documentos

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

ISAAR(CPF): norma internacional de registro de autoridade arquivística para entidades coletivas, pessoas e famílias.

Status da descrição

nível de detalhamento

Datas das descrições (criação, revisão e remoção)

Idioma(s)

Escrita(s)

Fontes utilizadas na descrição

Notas de manutenção