Mostrando 519 resultados

descrição arquivística
Saúde pública
Opções de pesquisa avançada
Visualização de impressão Ver:

8 resultados com objetos digitais Mostrar resultados com objetos digitais

Cartas

Jornais

Instituto Biológico de Defesa Agrícola e Animal

  • BR RJCOC AN-FC-ST-03
  • Dossiê
  • 23/11/1918-15/07/1930
  • Parte de Arthur Neiva

Reúne relatórios de atividades, notas para imprensa (O Globo e Estado de São Paulo), artigos científicos, estudos de caso, lista de correspondências, cartas, apontamentos, índices, termos de contrato e desenhos.

Paulo Marchiori Buss

Entrevista realizada por Eduardo Navarro Stotz e Cristina Fonseca, no Rio de Janeiro, em três sessões, nos dias 06 de julho (fitas 1 e 2), 15 de julho (fita 3) e 05 de agosto de 1999 (fita 4).

Fausto Pereira Guimarães

Entrevista realizada por Cristina Fonseca e Eduardo Marques, em quatro sessões, nos dias 06 (fitas 1 e 2), 09 (fitas 3 e 4), 20 (fitas 5 a 8) e 25 de junho de 1997 (fitas 9 e 10).

Fausto Magalhães da Silveira

Entrevista realizada por Anna Beatriz Almeida, Cristina Barbosa e Wanda Hamilton, em 11 sessões, nos dias 16 de dezembro de 1994 (fitas 1 e 2), 31 de janeiro de 1995 (fitas 3 e 4), 08 de fevereiro (fitas 5 e 6), 16 de fevereiro (fitas 7 e 8), 17 de março (fitas 9 e 10), 31 de março (fitas 11 e 12), 11 de abril (fitas 13 e 14), 20 de abril (fitas 15 e 16), 05 de maio (fitas 17 e 18), 11 de maio (fitas 19 e 20) e 19 de maio de 1995 (fitas 20 a 22).

Celso Arcoverde de Freitas

Entrevista realizada por Cristina Fonseca, Wanda Hamilton e Maria Beatriz Guimarães, em 11 sessões, nos dias 28 de março (fitas 1 e 2), 04 de abril (fitas 3 a 5), 08 de abril (fitas 5 a 7), 15 de abril (fitas 8 e 9) e 25 de abril (fitas 10 a 12), 04 de maio (fitas 12 e 13), 25 de maio (fitas 14 e 15), 27 de maio (fitas 16 a 18), 01 de junho (fitas 19 a 21), 08 de junho (fitas 22 e 23) e 10 de junho de 1994 (fitas 24 a 26).

Bichat de Almeida Rodrigues

Entrevista realizada por Sonia Rodrigues e Solange Rodrigues, filhas do depoente, em Curitiba/PR, em duas sessões, nos dias 19 (fita 1) e 23 de outubro de 1995 (fitas 2 e 3).

Bertoldo Grande Kruse de Arruda

Entrevista realizada em duas sessões, por Wanda Susana Hamilton e Anna Beatriz de Sá Almeida, na cidade de Recife/PE, nos dias 18 (fitas 1 e 2) e 19 de março de 1996 (fitas 3 a 7).

Almir Godofredo de Almeida e Castro

Entrevista realizada em quatro sessões, por Cristina Fonseca e Wanda Hamilton, nos dias 16 de dezembro de 1993 (fitas 1 e 2), 05 de janeiro de 1994 (fitas 3 e 4), 03 de fevereiro (fias 5 e 6) e 10 de fevereiro (fitas 7 e 8).

Alfredo Norberto Bica

Entrevista realizada em 23 de fevereiro de 1995, por Wanda Hamilton, Cristina Fonseca e Maria Beatriz Guimarães.

Aldo Villas Boas

Entrevista realizada em cinco sessões, por Anna Beatriz de Sá Almeida, Wanda Hamilton e Maria Beatriz Guimarães, nos dias 20 de setembro (fitas 1 e 2); 27 de setembro (fitas 3 e 4); 5 de outubro (fitas 5 e 6); 10 de outubro (fitas 7 e 8) e 11 de novembro de 1995 (fitas 9 a 11).

Floroaldo Albano

Entrevista realizada pelos pesquisadores Renato Gama Rosa, Laurinda Rosa Maciel e Renata Silva Borges, e pelos estagiários do projeto Rafael Allam e Luciana Campos, na cidade do Rio de Janeiro, no dia 26 de março de 2010.

Anna Kohn Hoineff

Entrevista realizada por Laurinda Rosa Maciel, Magali Romero Sá e Natacha Regazzini Bianchi Reis, na Fiocruz (RJ), nos dias 14 de junho e 05 de julho de 2000.
Sumário
Fita 1 - Lado A
Origem familiar, seus cursos básico e científico; o trabalho como assistente no Colégio Anglo-Americano; as atividades no Programa Ciência no Ar, na TV Tupi; a preparação para o curso de história natural; seus trabalhos com aranhas e cobras no programa Ciência no Ar; referência ao convite para trabalhar com Lauro Travassos no IOC e suas atividades com borboletas; o Curso de Especialização em Helmintologia e seu interesse pelo estudo de helmintos parasitos de peixes por sugestão de Lauro Travassos; a opção por este estudo em detrimento ao de borboletas; o primeiro trabalho publicado sobre helmintos parasitos de peixes e início do trabalho remunerado em Manguinhos; a rotina nos meios de transporte disponíveis para Manguinhos; a efetivação como pesquisadora no IOC; o estágio na Hebrew University, Israel; comentários sobre sua passagem por Paris, no Museu de História Natural, e o contato com os professores Alain Chabaud e Robert Philippe Dollfus.

Fita 1 - Lado B
Continuação dos comentários sobre a passagem por Paris e a pesquisa realizada no acervo do Museu de História Natural; a chegada em Israel e o encontro com os professores Wertheim e Illan Papema; comentários sobre o trabalho com parasitos de peixes do Mediterrâneo e parasitos de peixes de aquário; avaliação do estágio realizado por três meses e a oportunidade de estudar parasitos monogenéticos (parasitos de branquías); o retomo ao Brasil e seu casamento, as pesquisas no IOC e os trabalhos de campo; referência à publicação do catálogo de parasitos de peixes do Brasil; o falecimento de João Ferreira Teixeira de Freitas, de seu pai e de Lauro Travassos, todos no ano de 1970; o convite de Oswaldo Cruz Filho para o cargo de assessora técnica da direção do IOC; o impacto da criação da Fiocruz na atividade de pesquisa; os efeitos do Massacre de Manguinhos; referência ao trabalho de direção de Wladimir Lobato Paraense, no IOC, e de Vinícius da Fonseca, na Presidência da Fundação; a permanência no IOC como estatutária e a reforma no prédio do biotério que propiciou a crianção de caramujos e camundongos; o trabalho com Míriam Tendler; o uso do primeiro microscópio eletrônico no Instituto; referência à administração de José Coura; o credenciamento dos laboratórios do IOC, em 1991; o período do presidente da República, Fernando Collor de Melo, e seu pedido de aposentadoria.

Fita 2, - Lado A
Comentários sobre atividades acadêmicas como docente do curso de mestrado em Zoologia do Museu Nacional e sua orientação na primeira dissertação de Mestrado em Zoologia defendida na instituição; as bolsas do CNPq e a sua efetivação como pesquisadora titular na Fiocruz; o trabalho de orientação de teses; referência à gratificação oferecida aos pesquisadores pós-graduados na Fiocruz e o trabalho de docente no IOC; a criação e o desenvolvimento da Coleção Helmintológica no IOC; a importância das coleções científicas nas atividades de pesquisa; considerações sobre a definição dos tipos nas coleções científicas; os empréstimos de exemplares das coleções científicas do IOC para o exterior; as atividades de pesquisa sobre helmintos parasitos de peixes em reservatórios da usina hidrelétrica Itaipu; a abertura da linha de pesquisa sobre ultra-estrutura dos parasitos de peixes e a orientação de teses e dissertações sobre este tema; a elaboração do catálogo sobre parasitos de peixes da América do Sul; atualização do catálogo de espécies de trematódeos existentes no Brasil, cuja primeira edição foi elaborada com Travassos e Teixeira, em 1969.

Fita 2 - Lado B
Atualização do catálogo sobre parasitos de peixes e as publicações sobre o tema no Brasil; referência à sua equipe de trabalho na Fiocruz; tentativa de transferência da Coleção Helmintológica do IOC para o Museu Nacional na década de 1970; comentários sobre as dificuldades de contratação de pessoal; considerações sobre a questão da remuneração das atividades de pesquisa no país.

Memória da saúde pública no Brasil

O projeto de pesquisa realizou 14 entrevistas, com objetivo de analisar historicamente o desenvolvimento institucional da saúde pública no Brasil. Por meio da coleta de entrevistas procurou-se recuperar as trajetórias individuais de médicos sanitaristas que se destacaram enquanto atores na história da saúde pública brasileira e contribuíram na definição de políticas públicas para o setor saúde no período compreendido entre os anos de 1930 e 1980. A investigação originou também um instrumento de pesquisa intitulado Cronologia de atores, instituições e políticas de saúde.

História da Vigilância Sanitária no Brasil

Resumo do projeto: as ações voltadas para o controle sanitário do exercício da medicina e farmácia, da produção, circulação e venda de produtos de interesse da saúde, assim como da circulação de pessoas apresentam, no Brasil, uma trajetória vinculada à constituição dos serviços sanitários iniciada no começo do século XIX, embora os rudimentos já aparecessem com a instalação da Colônia. Foram criados, desde então, vários órgãos públicos ao longo do período que se destinavam a estes serviços respondendo às características dos diversos contextos, tanto no que diz respeito às de ordem econômica e política, como institucionais e técnico-científicas, propiciando mudanças significativas de práticas de “fiscalização” para “vigilância”. Este projeto abordou o processo de formulação das políticas de vigilância sanitária no Brasil, sobretudo a partir da criação da Secretaria Nacional de Vigilância Sanitária, em 1976, e estes depoimentos contribuem para elaborar uma análise específica do panorama histórico que possibilitou a construção deste campo. Destacamos neste panorama as questões que englobam a vigilância sobre os medicamentos, especificamente os fitoterápicos, estabelecendo um diálogo com as pesquisas sobre plantas medicinais. Este projeto foi desenvolvido em articulação com o Instituto de Saúde Coletiva, da Universidade Federal da Bahia, e a Casa de Oswaldo Cruz, coordenado por Tania Fernandes. Foram realizadas três entrevistas com Alexandre K Picanso, Edná Alves Costa e Hélio Pereira Dias, entre dezembro de 2004 e outubro de 2005.

O Pioneirismo Feminino na Medicina Brasileira: o caso das primeiras docentes em Ginecologia do Rio de Janeiro

Projeto de pesquisa coordenado por André Pereira, como parte das atividades de iniciação científica (PIBIC), da aluna Bárbara Araújo Machado. Foi realizada entrevista com Clarice Amaral Ferreira em duas sessões, nos dias 22 (fitas 1 e 2) e 29 de fevereiro de 2008 (fitas 3 e 4), no Rio de Janeiro.

Claudio do Amaral Júnior

Esta gravação é resultado de uma série de seis encontros com o depoente para registro de suas experiências profissionais sobre a erradicação da varíola no contexto brasileiro, indiano e etíope. As entrevistas abordam aspectos operacionais e metodológicos de sua passagem pelo Brasil, India e Etiópia para atividades de gestão e controle da erradicação da doença, bem como abordam o contexto pós-erradicação da varíola. Foram gravadas entre agosto de 2014 e maio de 2015.

Virgínia Maria de Niemeyer Portocarrero

A entrevista trata da história de vida da depoente, abordando aspectos como vida familiar, escolha profissional, valorização da carreira de Enfermagem no contexto da Segunda Guerra Mundial, período em que foi enfermeira da FEB na Itália durante a Segunda Guerra, dentre outros temas. Foi gravada na doação de seu arquivo pessoal à Casa de Oswaldo Cruz.

Publicações

  • BR RJCOC SH-04.v.1-v.3
  • Dossiê
  • 1970 - 03/1997
  • Parte de Sarah Hawker

Títulos (Volume 1): “Aborto provocado”; “Abortion in britain- Befre the abortion act- Asurvey of the historical evidence”; “Making choices- Evaluating the health risks and benefits of birth control methods”; “Better health for women’s and children through family planning”; “Estatística da saúde assistência medico sanitaria”; “International journal of gynecology & obstretics- Women’s health in the third world: the impact of unwanted pregnancy”; “Fundamental elements of the quality of care: A simple framework”;
Títulos (Volume 2): ““Programa de investigacion para la prevencion del aborto inducido en condiciones riesgosas y sus consecuecias adversas en America Latina y el Caribe”; “Critical issues in reproductive helath and population: Methodological issues in abortion research”; “Unnecessary Cesarean sections: How to cure a national epidemic”; “Situição da população mundial em 1989”; “Special challenges in third world women’s”; “Aborto inducido em chile”; “Population essus a briefing kit’; “Induced abortions a world review 1990 suplement”; “Abortion and women’s health a truning point for America?”; “Perfil da mulher brasileira”; “Parthenership for safe motherhood to reduce maternal mortality and morbity”; “Reproductive health: a strategy for the 1990”; “Technical and managerial guidelines on abortion care”; “Anticoncepção 1986”; “Sexually transmited diseases the reproductibe health of women in developing countries”; “Adolescents and unsafe abortion in developing countries: A preventable tragedy”;
Títulos (Volume 3): ““Fecundidad y planificaci[on familiar em américa larina: Retos para la decada de 1990”; “Clinical guidelines for emergency treatment for abortion complications”; “Comportamento sexual de los constarricenses menores de 25 años”; “Family planning. A base to build on for women’s reproductive health services”; “Meeting women’s needs for post abortion family planning: Framing the questions”; “La salud de la mulher costarricense menor de 25 años”; “Los padres, la eduacion y las relaciones sexuales premaritales de los hijos”; “The development of microbicides: A new method of HIV prevention for women”; “A cultura do silêncio- As infecções do trato reprodutivo nas mulheres do terceiro mundo”; “Four essays on birth control needs and risks”; “Manual vacuum aspiration- A summary of clinical & pragmatic experience worldwide”; “El aborto: Seu impacto medico y social a nível centroamericano”; “Fecundidade, anticoncepção e mortalidade infantil- Pesquisa sobre saúde familiar no nordeste 1991”; Women’s reproductive righs in muslim communities and constries: Issues and resources”; “Clinical management of complications: A pratical guide”, “Aborto clandestine: Uma realidade Latino- Americana”; “Curret interests of the ford foundation”; “The cairo consensus the right agenda for the right time”; “Commitments to sexual and reproductive health and right for all”; “Manual para o estabelecimento de um service de atendimento para o aborto previsto por lei”; “Mulher, população e desenvolvimento”; “Pesquisa nacional sobre demografia e saúde 1996”.

Ensaios

  • BR RJCOC SH-03
  • Dossiê
  • 05/1968 - 08/02/1996
  • Parte de Sarah Hawker

Artigos Científicos

  • BR RJCOC SH-02.v.1-v.4
  • Dossiê
  • 04/1967 - 12/01/1998
  • Parte de Sarah Hawker

Autores: Christopher Tietze; Arnaldo Augusto Franco de Siqueira; Renato Martins Santana; Ana Cristina d'Andretta Tanaka; Pedro Augusto Marcondes de Almeida; Michael Heard; John Guillebaud; Leila de Andrade Linhares Barsted; Karen Mary Giffin; Leonard Laufe; Catherine Lowdes; Ana Cristina dos Reis; Judith Fortney; Kátia Silveira da Silva; Eleonora d'Orsi

Halfdan Mahler

Entrevista gravada em fevereiro de 2004, na Fiocruz, a respeito da experiência profissional em políticas de saúde pública e a história de Alma Ata. Meeting with Dr. HALFDAN MAHLER; transcribed by Annabella Blyth. Participantes: Halfdan Mahler; Nisia Trindade Lima; José Carvalheiro; Diana Maul de Carvalho; Gilberto Hochman; Euzenir Sarno; Luiz Fonseca e Kennet Camargo.

Resultados 1 a 30 de 519